Emprestado ao Bayern, brasileiro está na lista de negociáveis dos catalães, que já aceitam uma venda por 70 milhões de euros

Emprestado ao Bayern, brasileiro está na lista de negociáveis dos catalães, que já aceitam uma venda por 70 milhões de euros

Opção no banco de reservas no Bayern de Munique, Philippe Coutinho reencontra nesta sexta-feira o Barcelona, com quem tem contrato até junho de 2023, no jogo único das quartas de final da Liga dos Campeões, no Estádio da Luz, em Lisboa. Muito provavelmente nem mesmo uma atuação de gala no segundo tempo vai convencer o clube catalão a aproveitar o brasileiro na próxima temporada.

Apesar da falta de interesse com o que poderia ser feito dentro de campo em 2020/21, o Barça “precisa” de Coutinho para projetar o futuro imediato. É visto como o principal jogador a ser negociado no mercado de verão europeu, preferencialmente com uma transferência em definitivo. Nos bastidores, segundo a Goal apurou, uma eventual oferta de 70 milhões de euros agradaria.

Para reforçar o elenco, algo que tem sido insistentemente cobrado por Lionel Messi, que sonha com Lautaro Martínez e até mesmo Neymar, a diretoria do Barcelona sabe que uma grande venda é fundamental. Para já, não há dinheiro em caixa para investimentos de peso.